Era uma vez uma casa no estilo Holandês...


Mesmo que seja por um bom motivo, fechar a porta de uma casa vazia me dá sempre um aperto no peito. Nos últimos oito meses, foram duas as vezes que o fiz:

Do meu amado apartamento em São Paulo para a casa mais fofa que já morei na vida; E agora, dela para um lar com mais amor.



Essa casinha significa um bocado para mim. Foi a realização de um sonho, foi o maior passo que eu já dei na vida e será sempre lembrada com muito carinho. O cheiro, as cores e sensações ficarão para sempre na memória.


Os cachorros eu eu nos encaixamos direitinho nela. Vivemos e exploramos as redondezas, ouvimos musica alta, limpamos janelas, estudamos aos montes, choramos de saudade e medo olhando para as paredes, passeamos no parque da esquina por tantas vezes quantas jamais seremos capazes de contar, recebemos amigos e familiares, vimos neve pela primeira vez, plantamos tomate e limão e, no final, eu conseguia até pronunciar o nome da rua direitinho: Nieuwe Kijk in't Jatstraat.


Alias, chegamos sem conseguir falar com os vizinhos, que, raros, não falam inglês e saímos conseguindo bater papo em Holandês.


É claro que dá medo: mudar sempre dá...


E se der errado?

E se os cachorros não se adaptarem tão bem?

E se?

E se?

E se?


Mas uma única pergunta positiva faz todas as outras valerem o risco:

E se der certo?


Viu?

Ser feliz é bem mais simples que ser triste!

#vidanaholanda #mudanca #vida #brasileiranaholanda #lardocelar #mudamos #euemeusdoisviralatas #viralatas #cachorrosdemudanca #vidadadida #holanda

42 views