A vida é de uso pessoal e intransferível

April 29, 2016

Muitos são os motivos que me trouxeram até aqui.

Eu sempre admirei a Holanda por diversos motivos e sob várias perspectivas.

Ademais, cada vez que piso nesta terra me sinto viva, em paz e em harmonia.

 

Tem água, barco, bicicleta e movimento para todos os lados.

Talvez seja por isso. Talvez. 

 

Há certos inconvenientes também, é claro.

Mas acredito que encontrar o seu lugar no mundo tem a ver com descobrir um canto de defeitos com os quais você esteja disposto a conviver.

 

É bem provável que eu vá mesmo, com o tempo, sentir muita falta dos amigos, do sol e do calor.

Mas estou satisfeita por não precisar mais, ao menos neste momento, lidar com trânsito caótico, injustiça, falta de educação e corrupção.

 

A verdade, no entanto, é que isso tudo é parte dos meus critérios, do meu jeito e da minha visão: não necessariamente dos teus.

A vida é, afinal de contas, de uso pessoal e intransferível: cada um tem a sua e, junto à ela, cada qual recebeu ainda o direito de fazer suas próprias escolhas. 

No entanto, se você é feliz, o mérito é todo seu. Se não é, não coloque a culpa em mais ninguém.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags